Notícias

Bernard Rajzman é eleito membro do Comitê Olímpico Internacional

Medalhista olímpico foi eleito nesta terça-feira, durante a 125ª Sessão do COI, em Buenos Aires, na Argentina

bernard rogge coi
Crédito: Juilliart/COI
Atribua uma nota:
O Brasil voltou a ter um representante com direito a voto na Assembleia do Comitê Olímpico Internacional (COI). Nesta terça-feira, dia 10, durante a 125ª Sessão do COI, que acontece em Buenos Aires, na Argentina, Bernard Rajzman foi eleito membro da entidade.  Bernard já havia sido aprovado pelo Comitê Executivo do COI, após ter seu nome apresentado pela Comissão de Nomeação da entidade, no entanto ainda precisava passar pelo crivo da Assembleia. “É uma felicidade imensa e motivo de muito orgulho. No COI lutarei pelos interesses do esporte brasileiro e participarei das decisões da entidade. Além disso, compartilharei informações e aprendizados com outros líderes do esporte mundial, sejam de Comitês Olímpicos Nacionais, Federações Internacionais ou Associações, o que resultará em benefícios para o esporte olímpico brasileiro”, afirmou.
 
Aos 56 anos, Bernard Rajzman tem uma vida dedicada ao esporte. Foi atleta da Seleção Brasileira de Voleibol por 17 anos, tendo conquistado a medalha olímpica de prata em Los Angeles 1984. Jogou mais de 540 partidas pela Seleção Brasileira e participou de 13 Jogos Olímpicos, seja como atleta ou dirigente. Atuou como Secretário Nacional de Esportes, e posteriormente liderou o movimento que reconheceu a profissão de professor de Educação Física. Além disso, chefiou cinco delegações brasileiras, incluindo a dos Jogos Olímpicos Londres 2012. “O conjunto dessa experiência, dentro e fora das quadras, me faz sentir capacitado a integrar a entidade com pessoas tão competentes e qualificadas do esporte mundial”, disse. 
 
Outros oito membros foram eleitos pela Assembleia do COI, que passa a ter um total de 112 membros: Octavian Morariu (Romênia), Mikaela Maria Antonia Cojuangco-Jaworski (Filipinas), Alexander Zhukov (Russia), Paul Kibii Tergat (Quênia), Lawrence Probst III (Estados Unidos), Dagmawit Girmay Berhane (Etiópia), Camiel Eurlings (Holanda) e Stefan Holm (Suécia).
 
O outro brasileiro no COI é Carlos Arthur Nuzman, presidente do Comitê Olímpico Brasileiro e do Comitê Organizador Rio 2016. Nuzman é membro honorário da entidade, mas sem direito a voto desde que completou 70 anos, em março passado.
 
Galeria
Crédito: 1 de

Atribua uma nota:

Aguarde...